terça-feira, 28 de setembro de 2010

Fernando de Noronha – O Havaí Brasileiro


 Clique para ampliar

Vamos quebrar um pouco o gelo e falar sobre mais uma Maravilha Natural. E o melhor de tudo, é aqui no Brasil!

Fernando de Noronha, ao contrário do que todos pensam, não é somente uma ilha, é um arquipélago vulcânico isolado no Atlântico, sendo a ilha principal a parte mais visível de uma cadeia de montanhas, num total de 21 ilhas, ilhotas e rochas vulcânicas, rodeadas por águas cristalinas, o que torna este lugar incrível para mergulhos.  A ilha principal está situada a aproximadamente 345 km do cabo de São Roque no estado do Rio Grande do Norte e 545 km de Recife, em Pernambuco. Possui uma área de 18,4 km², onde a maior extensão de terra é de cerca de 10 km, a largura máxima é de 3,5 km possuindo cerca de 60 km de costa.

 Clique para ampliar
Fernando de Noronha é um local magnífico, de uma beleza natural impressionante, tanto fora quanto dentro das suas águas perfeitamente transparentes. Ela é tão bonita quanto qualquer lugar do Caribe. Alguns chegam até dizer que é ainda mais bonita!

  Clique para ampliar

O que se pode fazer em Noronha:

Existem diversas atividades disponíveis aos turistas em Noronha, e o melhor de tudo é que a grande maioria delas envolve estar em contato com a Natureza – trilhas, surf, mergulho, passeios de barco e muitas outras coisas lindas!

Em Noronha, é tudo rigidamente controlado, até o número de pessoas que podem entrar na ilha por dia é controlado, 600 pessoas. Isso acontece para que este paraíso não acabe sendo destruído pelo turismo. O IBAMA tem controle sobre as pessoas que lá estão e sobre o que elas estão fazendo.

As atividades mais procuradas em Noronha são o surf e o mergulho.

Surf
Considerada o Havaí Brasileiro, Noronha, nos meses de janeiro e fevereiro, torna-se o local onde as melhores ondas tubulares se formam, sendo tanto um espetáculo para quem surfa, quanto para quem as observa.
Os melhores locais para se surfar na ilha são as praias de Cacimba do Padre, Boldró, Conceição, Cachorro, Biboca e praia do Meio. Confiram algumas fotos:

 Clique para ampliá-las
Mergulho
Aqui é mais a minha área. Por ter águas transparentes, a visibilidade é impressionante. A vida marinha neste lugar também é algo de deixar qualquer um maravilhado. Mergulhando aqui é provável que você encontre animais de todos os tipos, desde pequeninos camarões até gigantes jamantas,  ou até nade junto de golfinhos! Não se esqueçam de olhar os corais! São lindos! Confiram algumas fotos:

  Clique para ampliá-las

Para quem pretende mergulhar por lá, de março a maio é a PIOR época do ano, pois costuma chover de mais por lá!
 
INFORMAÇÃO:
Pessoal, sempre que vocês forem para um local cercado pela natureza, e fizerem o chamado “Turismo Ecológico”, lembrem-se de que toda ação de vocês com a natureza gera um impacto ambiental. Tome muito cuidado com suas atitudes para que estes ambientes maravilhosos CONTINUEM SENDO MARAVILHOSOS para as próximas gerações!

É isso aí pessoal!! E nunca se esqueçam, quando forem para esses lugares, ME CONVIDEM!!!!

RESPEITEM SEMPRE A NATUREZA! 


Muita Paz
Wagner Trezub

Adicione seu e-mail:

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Série RECICLAGEM / Parte III


PARTE III - O LIXO E SUAS PARTES II

ITENS DE HOJE: METAL E VIDRO

Não viu as outras partes ainda? clique aqui e confira!


Dando sequência a série RECICLAGEM, hoje irei falar sobre Metais e Vidros. São os dois itens que faltam pra completar o lixo "tradicional", aquele que mais produzimos em nossas residências. Sobre Metais e Vidros existem algumas particularidades irei comentar a seguir, mas uma delas, e que é sempre bom frisar, é sobre o perigo de se manusear objetos cortantes. Não falo nem em manuseá-los na sua casa, mas sim, o perigo de um lixeiro passar para coletar o seu lixo e se cortar em um caco de vidro ou em uma lata amassada. Abordarei a forma certa de descarte no decorrer do tópico.

METAL

Com relação aos metais, temos que tomar cuidado com os objetos cortantes e perfurantes, como pregos, grampos e latas abertas. O grande problema com estes materiais é o risco de machucar o pessoal da reciclagem. Já os lixeiros podem se machucar ao coletar um material que não foi devidamente descartado. Metais enferrujados também não podem ser reciclados.

PODEM SER RECICLADOS
NÃO PODEM SER RECICLADOS
• folha-de-flandres
• tampinha de garrafa
• latas de óleo, leite em pó e conservas
• latas de refrigerante, cerveja e suco
• cabides
• fios de cobre e aparas de cobre
• ferro
• alumínio
• embalagens metálicas de congelados
• clips*
• grampos*
• esponjas de aço
• tachinhas/percevejos*
• pregos*
• canos de metal
*Estes itens podem ser reciclados, porém, normalmente, eles já foram usados e estão enferrujados, e por motivo de facilidade no momento do descarte, a grande maioria aconselha o descarte TOTAL destes itens no lixo não reciclável. Mas, como a idéia aqui é ser sustentável, aqueles pregos que entortaram e não foram usados, ou tachinhas que quebraram podem sim fazer parte da raciclagem de metais! 

Uma pergunta pode ter surgido aí: "então o que fazer com as latas abertas e perigosas, ou com as pontiagudas tachinhas?" Estes itens exigem um pouquinho de mão de obra, mas nada que não possamos fazer. No caso de objetos pontiagudos, coloque dentro de alguma lata vazia de tinta, por exemplo, que tenha uma tampa, pra manter os pregos seguros. Digo lata de tinta por também se tratar de METAL, facilitando o processo no final, mas se você não tiver, uma garrafa PET com tampa, uma caixinha de leite, tudo é válido.  PORÉM, CERTIFÍQUESSE DE QUE O POTE/GARRAFA ESTEJA SECA!

A idéia para os metais cortantes é basicamente a mesma, se você conseguir colocar dentro de outro pote, ótimo, se não conseguir, é preferível que você guarde em um local seguro para quando você conseguir um tempinho, levar em um ponto de recolhimento da prefeitura de sua cidade. Abordarei esse tema em outro post.

Vou alongar um pouquinho esta discussão aqui por causa da "ferrugem". Pessoal, qualquer metal enferrujado perde a chance de ser reciclado, então tomem cuidado quando estiverem separando o lixo na sua casa. Qualquer coisa que vocês colocarem molhada dentro da sacolinha junto com um metal irá causar ferrugem. O que aconselho aqui é fazer uma sacolinha diferente pra quando tiver metais no seu lixo. Isso evitaria qualquer perda pelo caminho!

VIDROS

 Depois de ter passado pelos outros, o descarte de vidro não tem mistério algum. No entanto, aqui cabe um conselho em vermelho, pra chamar bem a atenção de todos: Como é de conhecimento de todos, o vidro é um material HIPER CORTANTE até nos mínimos caquinhos, por isso exigem um manuseio diferenciado, para não acontecerem acidentes em casa quanto com os lixeiros.

PODEM SER RECICLADOS
NÃO PODEM SER RECICLADOS
• garrafas
• copos
• potes de conservas
• frascos de perfume
• potes de produtos de higiene
• cacos de vidro
• Pyrex
• Cerâmica
• Porcelanas


O descarte destes itens deve ser feito sempre visando à segurança do pessoal que irá manuseá-lo no percurso. Não existe uma regra, então, o que vou dizer aqui são apenas dicas pessoais. Uma forma é embrulhar o item em jornal e empacotá-lo em uma sacola plástica. Sem esquecer que, este item será enviado para o plástico se não for indicado para tal, por isso, coloque o pacotinho direto em uma lixeira VERDE. Outra forma é colocar dentro de outro vidro, como fizemos com os metais cortantes, ou dentro de outras embalagens.

Aqui acaba a parte "caseira" da reciclagem! Papel, Plástico, Metal e Vidro é o MÍNIMO que podemos fazer com relação a reciclagem do lixo. A sequência dos posts desta série serão cada vez mais específicos, com a abordagem dos outros tipos de lixo, como o radioativo e o hospitalar, por exemplo. Então fiquem ligados que, em breve, estarei trazendo novidades
Pessoal, este espaço está aberto pra vocês, então, se alguém tiver alguma dica de como dispensar  algum tipo de material, por favor, coloquem nos comentários abaixo ou me avisem que disponibilizo aqui! A ajuda de vocês será muito bem vinda!

Não se esqueçam de votar em minhas enquetes!

A Natureza AGRADECE o seu esforço!

Muita paz!
Wagner Trezub
Adicione seu e-mail:

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Série RECICLAGEM / Parte II

PARTE II - O LIXO E SUAS PARTES 

Para quem perdeu a primeira parte da série clique aqui e confira!

ITENS DE HOJE: PAPEL E PLÁSTICO


Continuando essa série sobre Lixo Reciclável, hoje vou fazer um apanhado de quais são os itens que realmente são recicláveis e de quais itens que não podemos reciclar quando falamos de PAPEIS E PLÁSTICOS.

Pode parecer um pouco estranho eu aprofundar este assunto, no entanto, existem itens do nosso dia a dia que grande parte das pessoas não faz idéia de que não pode discartar nos lixos de papel e plástico. Vou dar um exemplo aqui, o papel carbono, aquele usado em notas fiscais, pra fazer uma segunda via da nota, ele NÃO É PAPEL!!! Ou seja, até o nome já nos confunde! O papel carbono é também conhecido como papel químico, e por ser químico, não pode ser descartado normalmente como papel. 

Interessante, não? E a resposta para "onde devo descartar esses itens que não podem ser descartados normalmente?" eu vou tentar abordar em outro tópico, tratando específico destes itens "malucos" Acreditem existem MUITAS coisas de uso comum que você não faz idéia de onde jogar!


Ok, para que o descarte de lixo seja efetivo, ele, primeiramente, é separado em 2 categorias:

1) Chama-se "lixo seco" ao resíduo que pode ser reciclado, formado por papéis, papelão, plástico, metais e vidro. Para serem recicladas, as embalagens devem estar limpas e secas, por isso são conhecidos por “lixo seco”.

2) Chama-se "lixo úmido" ao resíduo formado pelos restos de alimentos e outros detritos de origem animal e vegetal, ou seja, origem orgânica. Restos de frutas, verduras, carnes, etc..

No entanto, se você parar pra perceber, isso é muito vago! Onde coloco pilhas? Onde eu coloco lâmpadas? E o óleo de cozinha?

Algumas dessas respostas estão nas outras lixeiras além daquelas 5 básicas. Na sequência dos tópicos irei falar sobre todos os tipos de lixo, e uma grande parte destas dúvidas será respondida!

PAPEL/PAPELÃO

 Os únicos itens que podem ser reciclados aqui são os papéis “puros”. O que quero dizer com isso é que, papéis que não possuam cola, foram molhados com algum produto diferente de água, sujos com algum resíduo humano, ou animal, não pode ser reciclado. Abaixo coloquei uma pequena lista do que pode e não pode ser considerado PAPEL RECICLÁVEL:


PODEM SER RECICLADOS
NÃO PODEM SER RECICLADOS
• Jornais e revistas
• folhas de caderno
• formulários de computador
• caixas em geral
• aparas de papel
• fotocópias
• envelopes
• rascunhos
• cartazes velhos
• papel de fax
• etiquetas adesivas
• papel carbono e celofane
• fita crepe
• papéis sanitários
• papéis metalizados
• papéis parafinados
• papéis plastificados
• guardanapos
• bitucas de cigarro
• fotografias
 

No caso de dúvida sobre algum material parecido com papel, que você não saiba onde descartar, descarte como papel, no momento da triagem final deste lixo, o pessoal da coleta irá saber onde descartá-los certinho. É preferível errar querendo acertar!

PLÁSTICO

 Aqui é muito mais fácil acertar do que errar! Praticamente tudo que é de plástico pode ser reciclado. Porém, existem alguns detalhes. Por exemplo, tomadas, elas possuem metais junto, então o descarte é recomendado na lixeira de metais. Basicamente o principal item que tira o plástico deste tipo de reciclagem é a presença de metais, vejam:

PODEM SER RECICLADOS
NÃO PODEM SER RECICLADOS
• canos e tubos
• sacos e sacolas
• CDs e disquetes
• embalagens de margarina
• embalagens de produtos de limpeza
• embalagens de óleo, refrigerante, suco e água.
• vasilhas de plástico, brinquedos
• embalagens de produtos de higiene
• saquinhos de leite                       
• cabos de panela
• tomadas
• embalagens plásticas aluminizadas, como as de salgadinhos.


Notem aqui que os itens podem ser sujos! Mas cuidado!!! Por favor, existem 2 erros muito comuns aqui:

Primeiro o de achar que a embalagem por estar suja, não deve ser jogada no lixo não reciclável, isso é um erro! Eles devem sim ser descartadas no lixo reciclável pois o plástico passa por um processo de limpeza antes de ser derretido e reciclado.

Segundo e mais importante: Não lavem as embalagens de produtos QUÍMICOS, como óleo e produtos de limpeza, o pessoal da reciclagem tem um local específico para efetuar essa lavagem, se você o fizer em casa estará jogando produtos químicos direto no esgoto e dificultando o trabalho na hora do tratamento da água! E lavar em rios nem preciso dizer, não é?

Então é isso pessoal! E lembrem-se, fiquem de olho no blog para saber onde descartar adequadamente todos os itens!

No próximo post falarei sobre VIDRO E METAL!
Não se esqueçam de comentar e votar em minhas enquetes!

 A NATUREZA FAZ MUITO POR VOCÊ. E VOCÊ, FAZ O QUE PELA NATUREZA???
Muita paz!
Wagner Trezub

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Série: RECICLAGEM / Parte I


PARTE I - O LIXO E SUAS CORES
Eu sei que muitos de vocês já devem estar cansados de escutar sobre reciclagem, onde jogar cada item, dizer que plástico se joga ali, vidro é de tal cor... No entanto, peço um pouco de paciência a vocês, pois irei tratar aqui de coisas mais específicas. Lógico que vou bater mais uma vez na tecla de como se deve proceder durante a seleção do lixo reciclável, o que é e o que não é reciclável, onde joga o que, qual cor é do que, porém, vou tentar, em 3 ou 4 posts, tirar uma grande parte das dúvidas das pessoas que, freqüentemente vem me perguntar o que fazer em determinada situação. Então começo aqui a falar sobre LIXO!!!
 
Obs. Devo admitir que comecei a escrever esta matéria achando que seria mais curta do que está sendo, então, pra tentar ser bem didático no que pretendo fazer, irei fazer posts mais curtos e aumentar a quantidade deles, ao final, organizarei em paginas bonitinhas pra ficar bem arrumadinho, espero que gostem!
 
AS CORES:

Você pode pensar que a coleta se dá nas 4 cores básicas que estamos acostumados a ver no dia a dia em shoppings e postos de gasolina: Verde, azul, amarelo, vermelho e, raramente, uma quinta cor, o cinza. Mas a história é outra. Existem 10 cores, isso mesmo, DEZ CORES para a separação adequada do lixo, vejam:
lixo.com.br
No entanto, me parece claro que os estabelecimentos residenciais e comerciais comuns não precisem ter todas estas lixeiras. Lixo radioativo, resíduos perigosos, lixo hospitalar não são lixos “comuns”. Mesmo assim nós produzimos este tipo de lixo sim, como pilhas, baterias e remédios vencidos.

O mais engraçado dessa lista é a lixeira pra madeira, porque, afinal de contas, madeira é um item de fácil reciclagem e que ninguém presta atenção que MADEIRA pode ser reciclada! É mais fácil jogar no terreno vazio perto de casa e esperar um pouquinho pra ela sumir, afinal, madeira não causa dano ambiental. Madeira pura realmente não causa dano ambiental. Porém, a madeira que descartamos, normalmente estão pintadas, envernizadas ou passaram por algum tratamento químico, e esses sim, irão causar problema ao ambiente. Comentarei disso, mais pra frente, quando tratar do descarte de madeira.

Uma observação interessante que devo fazer aqui é com respeito às cores dos sacos plásticos para a reciclagem: Eles tem de ser da mesma cor que seu respectivo lixo! Ou seja, se for jogar vidro fora, saco verde, se for jogar plástico fora, saco vermelho, e assim por diante!

Calma! Não se preocupem! Isso não é motivo pra abandonar tudo ou matar quem criou essa convenção! A necessidade de se ter cor nos sacos plásticos é somente para estabelecimentos comerciais, que geram uma quantidade maior de lixo que uma residência, isso facilita a vida dos recicladores.

Na sua casa você pode usar duas cores, as que forem mais fáceis. Pelo que sei, as cores de sacos mais fáceis são a azul e a cinza, então, por conveniência e já olhando para as cores ali em cima, usem a azul para os recicláveis e a cinza para o lixo comum. Mais tarde o pessoal da reciclagem separa o lixo lá na central pra gente não precisar fazer isso em casa e não criar essa "inconveniencia e trabalheira" na hora de ajudar!


Moleza essa primeira parte, não? 

Não se esqueçam de votar nas enquetes do topo no lado direito e logo ao final do post, é importante para mim!!!

Já aproveitem e  deixem suas opiniões e sugestões! Logo, logo irei postar a continuação, com os itens que são e não são recicláveis de cada cor!

RECICLE VOCÊ TAMBÉM!!!
A NATUREZA AGRADECE E MUITO!!!

Muita paz!
Wagner Trezub

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Alasca - Um paraíso de duas caras!

 
Clique na imagem para ampliá-la!


Hoje vou voltar a falar sobre paraísos na Terra.

Poucas pessoas dão atenção a locais frios, só querem saber de praias, águas cristalinas e muito calor! Pois hoje vou mostrar exatamente o inverso disso: O Alasca!

O Alasca é um pedacinho dos Estados Unidos que fica separado do grande país, parece mais uma parte do Canadá. É a porção mais ao norte dos EUA, por consequência, o local mais frio, lá faz uma média por ano  de 3ºC, sendo que no inverno as temperaturas podem beirar os 50º negativos, haja frio!!! 

Possui uma área de 1.717.854 Km², cerca de 7 estados de São Paulo, uma população de aproximadamente 663.661 habitantes, sendo o estado de menor densidade demográfica dentre todos os estados Norte Americanos, cerca de 0,42 habitantes por Km².

 
Mas o que torna esse local um lugar ÍMPAR na Terra são suas belíssimas paisagens um tanto quanto "ambíguas", diria eu. Lugares praticamente inóspitos muito perto de locais onde ursos pescam em rios criados pelo derretimento das geleiras polares, a possibilidade de se ver arvores verdinhas muito perto de árvores brancas cobertas de neve. Em vários lugares no Alasca o sol nasce no começo de Maio e não se esconde mais durante os próximos 3 meses. É nessa época que podemos ver o famoso SOL DA MEIA NOITE. Em meados de Novembro muitas cidades ficam pelos próximos meses na total escuridão.  Eu, particularmente, adoro este tipo de paradoxo!
 
Clique na imagem para ampliá-la!
Aurora Boreal

Outra maravilha deste lugar é conseguir apreciar um fenômeno natural impressionante, somente visível em ambientes polares, conhecido como aurora boreal. Este fenômeno ocorre em função do contato dos ventos solares com o campo magnético do planeta Terra, o que gera um show de luzes lindo! Abaixo vocês poderão apreciar uma foto da Aurora Boreal vista do Alasca e um vídeo explicativo da NASA sobre esse fenômeno, vejam:
 Clique na imagem para ampliá-la!



Lugares Turísticos

Uma das formas mais utilizada por turistas para conhecer o Alasca é através de cruzeiros pela costa semi congelada. É uma viagem linda que eu, sem sombra de dúvidas, irei realizar um dia! Mas claro que terei que ver esses ursos mais de pertinho também!
  
Clique na imagem para ampliá-la!
 
Porém, de acordo com o livro 1001 Maravilhas Naturais Para Ver Antes de Morrer, o Alasca possuí 10 pontos que foram considerados Maravilhas Naturais, são elas:

- Cordilheira Brooks – Norte das montanhas rochosas. Conhecida pela manada de Porcupine: Espetacular migração de 160 mil Caribus.

- Cascata do rio McNell – Local de alimentação de cerca de 150 Ursos Pardos antes da hibernação.

- Monte Katmai – Cratera vulcânica congelada, ao lado, fissuras se abriram e formaram o “vale das 10 Mil Chaminés”, vejam a foto da cratera:

Clique na imagem para ampliá-la!

- Geleria Bear – É a única geleira que não corre para o mar, mas sim, termina em um lago natural. Imaginem uma lagoa cheia de icebergs, deve ser fantástico!

- Geleira Mendenhall - É uma das 38 geleiras que formam o complexo de Juneau Icefield. A sua extensão chega a cerca de 3.885Km² de puro gelo!
  
Clique na imagem para ampliá-la!
 
- Geleira Portage – Dizem que o caminho para chegar até ela é de tirar o fôlego de qualquer pessoa! Excelente lugar para encontrar animais polares, principalmente as belas baleias brancas.

-Arquipélago Alexander – É o local de maior concentração de baleias jubartes se alimentando do mundo!

- Glacier Bay – Belíssima baía rodeada por morros congelados!

- Monte McKinley – Foto do inicio do post - Com 6.194 m de altura, este monte é coberto de neve é maravilhoso de se contemplar. Possui 5 geleiras gigantescas nos seus flancos. Pode se dizer que o McKinley é a maior escalada do mundo!
 Clique na imagem para ampliá-la!

- Estreito de Bering – Pra quem já jogou o jogo WAR, sabe do que estou falando. Trata-se do estreito que fica entre o Alasca e Vladvostok, na Rússia. É um local perfeito para encontrar animais marinhos de muitas espécies, mas o principal deles são as baleias-cinzentas, que chegam a 22 mil indivíduos! 

Se algum dia vocês quiserem visitar o Alasca, me avisem que eu vou junto!!!!!!

Não esqueçam de votar nas enquetes do final dos posts e no da barrinha da direita!!

Cuidem sempre da Natureza!!!!

Muita paz!
Wagner Trezub

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Bitucas de cigarro no chão: Um CRIME ambiental!


Hoje quero mostrar a todos o problema causado pelas pequeninas bitucas de cigarro jogadas a esmo no chão, por fumantes, acredito eu, meramente desinformados dos problemas que isso pode vim a causar. Vou tentar dar algumas soluções práticas simples e baratas pra quem fuma!

Primeiramente vou apresentar alguns fatos que comprovam meu tópico. O primeiro é a quantidade de cigarros fumados por dia. Dando uma pesquisada rápida no Google (tem uma barrinha de pesquisa no canto esquerdo desse blog, se quiserem conferir) descobrimos que no Brasil existem cerca de 30 milhões de fumantes ativos, sendo que, vou chutar aqui, um fumante fume 20 cigarros por dia, com isso, podemos fazer alguns cálculos rápidos e fáceis pra entendermos esse primeiro problema:

40.000.000 x 20 = 800 milhões de bitucas de cigarro geradas num único dia!

Vocês imaginam o estrago que, somente a quantidade pode fazer? Entupindo esgotos, sujando cidades, florestas, mares, animais se alimentando delas por pensar se tratar de comida...

Lenvando em consideração outros materiais, como latinhas de alumínio (100 – 200 anos), sacolas e copos plásticos (200 – 450 anos), a bituca tem um tempo de degradação razoavelmente curto, cerca de 15 anos (embora algumas fontes citem 2 anos, o que eu, particularmente, acho muito pouco), e é aqui que existe o perigo: Uma grande parte das pessoas acredita que, pelo tempo ser curto, não tem problema jogar a bituca no chão pois irá “sumir” rapidamente sem deixar vestigios. Mas notem:

800.000.000 x 365 dias = 292 TRILHÕES DE BITUCAS POR ANO!!!

Ou seja, não consigo nem fazer o cálculo na calculadora do Windows pra saber quantas bitucas são "produzidas" em 15 anos...

Bom, o problema com a quantidade já deve estar explicado. Agora vamos ao problema mais sério ainda. Pensem aqui comigo:

O cigarro faz mal ao homem porque libera milhões de substâncias químicas quando fumado. E, para o solo, estas mesmas substâncias são liberadas pela simples passagem de água pela bituca. Milhões e milhões de substâncias químicas danosas ao meio ambiente são liberadas através das bitucas jogadas no chão, a qualidade da água é extremamente comprometida por elas, plantas morrem, animais são afetados, e muitos outros problemas acontecem! Ou seja:

AS BITUCAS SÃO UM SÉRIO PROBLEMA AMBIENTAL!

Mas agora vamos às dicas de como fazer para não jogar bitucas de cigarros no chão!

1ª dica: 
Tenha sempre em mãos uma caixinha de cigarro vazia. Faça um esforço e compre um cigarro do tipo BOX, eu sei que são alguns centavos mais caros, mas servirá como suporte para suas bitucas depois de fumadas. Fume seu cigarro, apague-o e o coloque dentro da caixinha vazia. PRONTO! Problema resolvido, quando a caixinha ficar cheia, jogue-a fora e use outra!

Obs.1: Essa dica é mais pra quem fuma no carro ou em algum lugar específico, como porta de shopping se você trabalha lá, numa janela da sua casa. Digo isso porque é uma solução não muito cheirosa.

Obs.1.1: Caso vocês não tenham uma caixinha em mãos naquele momento, vocês podem improvisar usando o plástico que envolve o maço ou o Box, é só puxá-lo um pouquinho pra fora e colocar a bituca entre o papel e o plástico!
2ª dica:
Vocês já devem ter visto aqueles potinhos de balas que são vendidos em postos de gasolina, que possuem uma tampa para fechá-los, do tipo mentos, mini mm´s, etc.. Estas caixinhas são perfeitas! Vedam o cheiro e são esteticamente bonitas pra se colocar em bolsas, por exemplo. As de mini mm´s são ideais, pois são pequeninas e num formato bom!

Obs.2: Duas coisas, cuidado para seus amigos não abrirem pra pegar balas, tire o rótulo ou marquem o potinho para evitar surpresas. Outra coisa, tomem cuidado pra quem for colocar dentro da bolsa ou da mala, elas podem abrir se apertadas!

3ª dica:  
Eu vi uma propaganda na MTV sobre um grupo que está distribuindo uns tubinhos com o mesmo propósito. Vocês podem procurá-los também!
Obs.3: Nunca vi ainda, nem sei onde conseguir... Tem algumas inclusive com desenhos, olhem só:
Então é isso! Existem outras formas de não jogar bitucas no chão! Use sua criatividade para inventar algo (minha amiga coloca dentro de uma dobrinha da meia!) e cuide da natureza!!

Abraços a todos e muita paz!
Wagner Trezub

domingo, 5 de setembro de 2010

Solução Ecológica - Cartão Ipiranga Carbono-Zero

Essa é pra você que anda de carro pra lá e pra cá:

O que você faz pra neutralizar os efeitos nocivos à NATUREZA dos gases produzidos pelo seu automóvel??
Uma coisa que quase não passa pela cabeça de quem tem carro próprio é que este meio de locomoção é o grande vilão da nossa sociedade. Álcool, gasolina, GNV, diesel... Seja qual for. seu combustível ele POLUI MUITO! Existem estudos que dizem que “este polui menos que aquele” ou “ aquele é o pior”, mas o fato é:

TODOS POLUEM!
E você faz o que a respeito? Finge que não vê, diz que já plantou “algumas” árvores na vida, ou tenta uma atitude mais proativa na busca de tentar reverter esta situação? E olha que não estou nem falando em parar de usar o carro!

Explicarei:
A melhor alternativa para este problema, sem dúvida alguma, seria o TOTAL abandono de todos os tipos de poluidores, seja ele transporte particulare, transporte coletivo, ou seja, tudo que venha a poluir o ambiente, e trocá-los por meios “ambientalmente corretos”, como bicicletas, patins, ou até mesmo, seus próprios pés.

Calma! Antes de me xingar por querer que você vá tirar férias em outro estado pedalando uma bicicleta com sua familia, permita-me continuar o raciocínio:
Parece-me óbvio que ninguém vai voltar à época das cavernas só porque tem um carro poluidor na garagem. Então, se você quer ser mais proativo, há algum tempo atrás, fui à busca de uma solução para esse fato. Eu queria, como eu escrevi em minha pergunta de inicio, NEUTRALIZAR as emissões de gases soltados pelo meu carro, e encontrei na rede IPIRANGA (pode ser TEXACO no norte do país), uma possível solução. O cartão de crédito CARBONO ZERO.

Este é um cartão de crédito que não possui anuidade e também não possui nenhum benefício direto ao usuário, o objetivo puro e simples dele é NEUTRALIZAR a poluição gerada pelo SEU CARRO. Ou seja, ao invés de ganhar R$0.11 (exemplo) de desconto no litro do combustível, que é o que a maioria dos cartões dessas empresas oferecem, você compra COTAS DE CARBONO (aqueles mesmos do protocolo de Kyoto).

Ou seja, você faz do seu carro uma empresa poluidora(o que realmente ele é), que necessita comprar créditos de alguma outra empresa que conseguiu fazer o que você não conseguiu: Diminuir a emissão de gases do efeito estufa! Desculpe se esta parte soa um pouco agressiva, mas é a realidade.

Pra vocês entenderem direitinho, acessem o site do cartão e vejam como funciona o cartão! Como vocês já devem ter visto, eu tenho o meu e só uso ele!

Eu estou fazendo um pouquinho para melhorar, por que você não faz também???

CURIOSIDADE 1:

Nesta sessão do site do cartão da pra você calcular quantos quilos de CO² você gera por mês, em média. O meu deu 53.34Kg, fiquei até assustado!!!!




Obs. O teste aqui não é específico, ele deve fazer uma média entre todos os combustíveis, ou usar apenas um como base, ou seja, posso estar poluindo mais do que isso ainda!!

CURIOSIDADE 2:

Sabe aquele selinho de qualidade dos eletrodomésticos que fala sobre o consumo de energia dos seus aparelhos? Pois é, o IBAMA lançou, em 2009, um selo pra mostrar o quanto os carros poluem! Confira:

Consulta dos níveis de emissão dos veículos novos brasileiros.

Obs.: A tabela é só pra carros modelos 09/10, mas, se seu carro é mais antigo que isso, não custa nada dar uma olhada no modelo mais novo dele! E vale lembrar, seu carro vai poluir mais... Infelizmente...

Valeu gente! Até a próxima!

Muita PAZ!
Wagner Trezub